Candidíase no Homem

Neste artigo, parte do nosso conteúdo especial sobre a Candidíase, vamos comentar sobre as particularidades da Candidíase no homem ou Candidíase masculina, especialmente aquela que acomete a região genital. A Candidíase peniana, como já sabemos, é uma infecção fúngica causada pela levedura do gênero Candida, principalmente a espécie Candida albicans. A infecção peniana pela Candidíase recebe o nome de Balanopostite, que é a junção de duas palavras: Balanite (inflamação que ocorre na glande, ou “cabeça do pênis”) e Postite (inflamação do prepúcio, dobra de pele que cobre a extremidade do pênis, ausente em pessoas que passaram por circuncisão ou prepucioplastia).

Vale lembrar que a Candidíase é a infecção fúngica mais frequente no pênis. Vamos conhecer mais sobre esse problema?

Sintomas da Candidíase Masculina

Candidíase no HomemNos homens, a Candidíase traz uma série de sintomas que podem identificar a doença. No início da infecção, o homem pode reclamar apenas de coceira (prurido) e ocasionalmente dor. Com a evolução da doença, passam a surgir placas avermelhadas e brancas principalmente na glande, com a formação de pequenas pústulas (feridas) que podem formar fístulas e sangrar.

Juntamente, pode aparecer vermelhidão na pele em volta da glande. O pênis pode ainda ficar desconfortável, coçando, com irritação e ardência. O paciente também pode ter inchaço na glande.

Caso não seja tratada, a Candidíase nesse estágio evolui e o homem passa a ter o corrimento esbranquiçado característico da Candidíase, na saída da uretra. Isso pode ser acompanhado de dor ao urinar (disúria) ou no ato sexual (dispareunia), odor desagradável e corrimento também abaixo do prepúcio.

A Candidíase no homem também pode, além da Balanopostite, se apresentar juntamente com uma infecção de pele, em qualquer região do corpo. É comum a Balanopostite vir associada com infecção de pele na região da virilha, muito próxima. Na Candidíase de pele, os sintomas incluem vermelhidão, erupção cutânea e coceira, descamação de pele e formação de placas esbranquiçadas.

Causas da Candidíase no Homem

Se você leu nosso artigo sobre “O que é Candidíase?“, comentamos que a doença costuma aparecer quando as pessoas estão com queda na imunidade. A má alimentação e o sedentarismo são fatores que podem levar ao surgimento da Candidíase em qualquer pessoa anteriormente saudável. A Candidíase é um fungo presente no corpo da maioria das pessoas sem causar doença, e se prolifera demais quando há um desequilíbrio na imunidade ou na flora bacteriana do corpo.

Além de um mal estilo de vida, outras doenças que causam queda na imunidade podem estar presentes, como Diabetes e AIDS, principalmente se a infecção é um pouco mais séria e/ou é recorrente (acontece mais de uma vez).

Além disso, a Candidíase é a única infecção fúngica que pode ser transmitida no ato sexual. Não é considerada uma DST (Doença Sexualmente Transmissível), mas pode passar pelo sexo. O coito sexual com uma pessoa, seja homem ou mulher, que esteja com Candidíase genital, pode passar a infecção para o homem com maior facilidade, principalmente se o sexo com esse(a) parceiro(a) seja frequente.

Outros fatores que podem facilitar a infecção pela Candida no órgão genital masculino inclui a umidade e a irritação da pele, que pode ser pelo próprio ato sexual ou uso de géis e hidratantes que podem irritar a pele próxima do pênis.

Como é Realizado o Tratamento?

A Candidíase no homem não costuma ser muito séria, mas é importante buscar diagnóstico e investigar doenças associadas que possam estar causando uma queda na imunidade. Um bom médico deve, ainda, perguntar sobre o uso de medicamentos como Corticoides ou Hormônios, que possam estar sendo usados pelo paciente e causando alteração da imunidade ou da flora bacteriana normal do corpo. Nesses casos, pode ser necessário ajustar a dose ou pensar na substituição desses medicamentos.

O tratamento da Candidíase masculina é semelhante à infecção nas mulheres e em qualquer parte do corpo. Usam-se principalmente cremes antifúngicos tópico. Pode-se optar também pelos medicamentos via oral, principalmente se a infecção já é mais evoluída. Uma boa higiene pessoal e a alimentação adequada, além da prática de exercícios, aumenta a imunidade do homem e acaba por ajudar no tratamento e também previne o reaparecimento da infecção.

Evitar o sexo com um(a) parceiro(a) infectado(a) também pode ajudar no tratamento.

Entenda mais sobre a Candidíase em nosso material completo da doença:



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *